Boavista e Flamengo definem Cariacica como local da final da Taça Guanabara

14/02/2018 - Reportagem: Globoesporte.com


Boavista, Flamengo e a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) entraram em um acordo na tarde desta terça-feira e definiram que a final da Taça Guanabara será realizada no Estádio Estadual Kleber José de Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo, conforme apuração do GloboEsporte.com.

O acordo foi costurado através da empresa do ex-jogador Roni, que sugeriu o estádio como novo local do confronto, já que as equipes não poderão utilizar o Maracanã, que está voltado para shows durante o mês, e o Nilton Santos foi vetado pelo Botafogo após a polêmica envolvendo a comemoração de Vinicius Junior, do Flamengo.

As informações foram confirmadas pela direção do Boavista, que será mandante no confronto, conforme ficou definido em sorteio realizado pela Federação na última sexta-feira.

Regulamento permite jogo fora do Rio
Art. 44º – As partidas deverão ser disputadas nos estádios indicados pelos clubes mandantes, salvo:

I – Se o estádio não tiver sido aprovado pelos laudos técnicos exigidos pela legislação, ou pelo DCO, ou ainda vetado pela emissora detentora dos direitos de televisão no caso do interesse de transmissão de qualquer das partidas do campeonato, a partida será marcada pelo DCO para estádio legalmente aprovado, após consulta ao respectivo clube mandante;

II – As partidas dos clássicos, do campeonato deverão ser realizadas no Maracanã, no Estádio Nilton Santos ou Estádio Raulino de Oliveira, a critério do mandante e aquiescência do gestor do Estádio, de acordo com critérios a serem definidos em reunião própria, cuja ATA fará parte deste regulamento, com torcida dividida (50% para cada clube), salvo acordo entre as partes neste último caso.

Paragrafo único – Caso o clube mandante não indique em 48h novo estádio ou venha a indicar estádio não aprovado, caberá ao DCO determinar o local de realização da partida.”

Art. 46º – “Clássicos” são as partidas realizadas entre si pelas as associações: Botafogo FR, CR Flamengo, Fluminense FC e CR Vasco da Gama.

Entenda o veto do Botafogo
A rivalidade aguçada entre Botafogo e Flamengo nos últimos anos ganhou mais um capítulo nesta segunda-feira: o Alvinegro comunicou à Ferj que não irá disponibilizar o Estádio Nilton Santos para a realização da final da Taça Guanabara, entre Flamengo e Boavista.

O Botafogo considerou “barato” o aluguel de R$ 100 mil do estádio, preço previsto no arbitral para jogos de um grande contra time de menor expressão (nos clássicos o valor é de R$ 200 mil). No entanto, o que pesou foi o clima azedo com o rival, que venceu o Alvinegro na semifinal com direito à confusão no fim envolvendo jogadores, tudo por causa de um gesto de “chororô” de Vinicius Junior. Dirigentes alvinegros presentes em camarotes ficaram revoltados.

A decisão
Boavista e Flamengo se enfrentam no próximo domingo, às 17h, pela final da Taça Guanabara, em Cariacica, no Estadual Kleber José de Andrade – o estádio tem capacidade para 21 mil pessoas. O Verdão de Bacaxá será o mandante, conforme ficou definido em sorteio. O GloboEsporte.com vai acompanhar o confronto em Tempo Real.